Como é que o Google Detecta e Bane

Actualmente, o Google Adsense é talvez a forma mas utilizada para monetizar um Blog ou outro género de Site que esteja escrito em Português. Há outros programas PPC (Pay per click) com a lingua portuguesa como alvo, mas nenhum comparável ao Adsense.

Assim, a conta Adsense é uma coisa valiosa que deve ser preservada a todo custo – o TOS (Terms of Service) deve ser bem lido e as Regras SEMPRE Respeitadas – para desta forma podermos continuar a utiliza-la.

Neste contexto há algumas regras básicas e dicas que devem sempre ser respeitadas, algumas delas são baseadas na experiência de muitos utilizadores, não sendo explicitadas no TOS, outras são mesmo assumidas pelo Google Adsense.

A LISTA

Aqui vai a famosa lista com alguns dos critérios que o Google Adsense usa para considerar os Cliques Inválidos. Esta lista está presente total ou parcialmente em outros Blogs e Foruns de referência estrangeiros, simplesmente fiz uma compilação e tradução.

1. Endereço IP

É a forma mais fácil de detecção de cliques inválidos e deve ser lembrado por todos. Se os cliques dos seus anúncios têm origem a partir do mesmo endereço IP que o utilizado para aceder a sua conta do AdSense, a sua conta é sinalizada.

2. Cookies

A maioria dos utilizadores ADSL não tem IP fixo. Na maioria dos casos, desligando e voltando a ligar o router dar-lhe-á um novo endereço IP. Mas não se esqueça, o Google fixou os cookies no seu computador – eles podem detectar esses cookies e ver se são originários a partir do mesmo computador.

3. Localização física

O Google tem uma boa tecnologia de geolocalização. Eles podem traçar a origem dos clique até á mais pequena cidade. Portanto, usando diferentes computadores com diferentes endereços IP não assegura nada. Assim, não tente clicar nos seus anúncios utilizando vários computadores, por exemplo em diferentes NetCafés.

4. Taxa de cliques (CTR)

Normalmente, a Taxa de Cliques não deverá exceder os 10%, caso contrário, o Google irá sinalizar sua conta. o valor normal de CTR deverá rondar os 0,5% – 10%.

5. Padrão de Cliques 1

Também é suspeito quando as pessoas clicam e depois fogem imediatamente (hit-and-run). Normalmente quando as pessoas clicam um anúncio ficam a navegar um bocado na página de destino.

6. Padrão de Cliques 2

“Por que é que este utilizador / computador gosta tanto de clicar nos anúncios neste site, mas normalmente nunca clica nos outros?”

7. Padrão de Cliques 3

“Por que é que os utilizadores / computadores que vêm a este site por URL directo clicam mais que aqueles que vêm dos motores de busca? – não devia ser o contrário?”

8. Ranking nos motores de Busca

Se o seu site não está indexado ou mesmo que esteja, se estiver no fim da lista, como é que consegue tanto tráfego? De onde vêm tantas visitas? Serão visitas pagas?

9. Design da Página

Expressões a estimular os utilizadores a clicar nos anúncios é contra o TOS do Google. O Google usa a sua SE (search engine) e até mesmo funcionários “humanos” para visitar o seu site regularmente – principalmente as contas Sinalizadas (Flag).

10. Anunciantes e Taxa de Conversão

Que as pessoas cliquem no anúncio é uma coisa – Mas será que esse clique trouxe resultados ao anunciante? Se as pessoas clicarem e isso não resultar em nada para o anunciante, provavelmente a sua conta chamará a atenção…

O PORQUÊ DESTA LISTA

Alguns dos pontos aqui descritos são bastante polémicos, mas, como disse anteriormente, foram formulados com base na experiência de muitos utilizadores Adsense, portanto têm o valor que têm 😉 – se não concordarem com algum comentem!!!

O principal motivo que me levou a escrever esta lista – e isto é mais importante que a lista em si – é que, ao aceitar os TOS do Google Adsense, aceitamos ser funcionários da Google:

Ao colocar anúncios Adsense estamos a prestar uma serviço ao Google pelo qual somos pagos. Nesta linha de pensamento, os anunciantes Adwords são os Clientes da Google.

Desta forma, e assim como todas as empresas, a grande preocupação do Google é defender os seus clientes e se, por um momento, desconfiar que tem um funcionário a tentar enganar ou contornar o sistema, não hesitará em o despedir (cancelar a conta Adsense).

Portanto, e como nota final, esqueçam esta lista e não pensem sequer em aldrabar o Google Adsense – já que somos funcionários da Google, vamos primar por fazer um trabalho exímio e servir o melhor possível os nossos Clientes Adwords.

Espero que tenham gostado,

Um abraço

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *